Advogado de Lula, que custa R$ 40 mil por hora, não poderá nem entrar na sala de audiências


Enquanto figuras carimbadas como Fernando Haddad, Gleisi Hoffmann e Eduardo Suplicy, entre outros, fazem vídeos ‘mendigando’ dinheiro para custear a defesa de Lula, na prática tudo indica que não tem faltado recursos para tal, muito pelo contrário.

O americano Geoffrey Robertson, um dos advogados mais caros do mundo, que cobra em torno de R$ 40 mil por hora, estará presente no julgamento do dia 24, mas impossibilitado de atuar. 

Sem inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil, o gringo, a rigor, não poderá nem entrar na sala de audiência.

Virá, tão somente para fazer número.

É muito esbanjamento.

Quem está pagando a conta?

JORNAL DA CIDADE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.