PF cumpriu 19 mandados de prisão, 25 mandados de busca e apreensão em Barras e mais 4 cidades do PI

A Polícia Federal já deflagrou cinco operações de combate a fraudes no Seguro-Desemprego, que resultaram em 31 prisões.  A última delas, na última terça 08/05, o vereador de Piripiri, Genival Cigano (PV), de 43 anos, foi preso. Ao todo, foram cumpridos 10 mandados de prisão preventiva, nove mandados de prisão temporária e 25 mandados de busca e apreensão nos municípios de Piripiri, Parnaíba, Brasileira, Cocal, Barras, Tianguá/CE, Tutóia/MA e Paraíso do Tocantins/TO, todos expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal em Teresina/PI.

A cidade de Campo Maior, aparece em segundo lugar com 477 casos e um montante de R$ 2.430.090, em fraudes no Seguro-Desemprego. Os casos foram detectados e bloqueados pelo Ministério do Trabalho. Os números foram divulgados pelo órgão, com bases em dados do sistema de Detecção e Prevenção à Fraude no Seguro-Desemprego (Antifraude) implantando em dezembro de 2016. Até abril de 2018, as fraudes chegaram a mais de R$ 9,8 milhões no estado.

Campo Maior só perde para Parnaíba que lidera o número de casos com 924 e um valor de R$ 5,3 milhões. Bom Jesus, com 163 requerimentos bloqueados, chegando a R$ 1,1 milhão vem em terceiro. Teresina, com 67 fraudes bloqueadas, atingiu R$ 362 mil; Valença do Piauí, com 43 bloqueios e cerca de R$ 278 mil; Esperantina com 36 casos e R$ 214.473; Floriano com 19 casos e R$ 110.906 completam a lista de cidades no Piauí. O total de casos bloqueados no Estado chega a 1.729 totalizando em recursos R$ 9.811.256.

A Grande Barras

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.