Torcedores do River-PI se incomodam com contratações do Piauí Esporte Clube

Os torcedores do River Atlético Clube, atual vice-campeão piauiense, há três dias que “atacam” sem piedade o Piauí Esporte Clube nas redes sociais. O motivo seria “ciumes” devido ao “poder de fogo financeiro” do Piauizão Vibrante, que nos últimos dez dias tem anunciado a contratação de jogadores que foram ídolos do Galo em 2017 e 2018.
Nas postagens nas redes sociais de torcidas tricolores o Piauí é chamado de “Time B do River”, além de ter seu escudo descaracterizado e em outras situações os torcedores xingam o clube rubro-anil e os seus jogadores.
Em entrevista ao Tribuna do Nordeste um conceituado apresentador de televisão que pediu para não ser identificado disse: “O River está sem um gerente de futebol, tem contratado jogadores que muitos dizem que são indicados por empresários – a maioria deles ninguém nunca nem viu jogando. Acho que o medo dos riverinos é que aconteça em 2019 o que aconteceu neste ano, quando contrataram setenta jogadores e a maioria deles mandaram embora com pouco tempo no time. A diretoria riverina trabalha muito bem o lado administrativo do seu centro de treinamento, mas deixa a desejar no departamento de futebol. A dívida de quase R$ 3 milhões deve também atrapalhar os planos mais ambiciosos da diretoria, que nunca pagou o terreno do CT e todo mês tem que desembolsar R$ 100 mil para o pagamento da parcela; segundo consta as reformas no CT estão sendo feitas pelo SESC/SENAC, dinheiro mesmo para investir no departamento de futebol deve ser muito pouco. As dívidas atormentam tanto o River que até o ônibus do clube foi tomado! Já no Piauí o presidente Jacob Junior e o diretor de futebol profissional Marco Antônio Araújo conseguiram injetar dinheiro no clube e o alvo maior das contratações tem sido estrelas do time do River. Não sei se o River está sem recursos financeiros para renovar com os seus até pouco tempo ídolos, mas não tem contratado atletas de expressão, só muita mídia e mais nada”, disse.
Procurados pela reportagem do Tribuna do Nordeste, nenhum dos diretores do Piauí Esporte Clube quis se pronunciar sobre o assunto. O telefone do presidente do River, Genilvaldo Campelo, manteve-se desligado nas últimas horas e não foi possível nossa reportagem pegar informações dele sobre o que acha do posicionamento dos torcedores.
O certo mesmo é que a maior rivalidade do futebol piauiense parece ter mudado. Antes River x Flamengo-PI, River x Parnahyba, River x Altos… em 2019 parece ser diferente…

Fonte: Tribuna do Nordeste 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.